Monday, October 5, 2015

Uma coisa e outra

Farta cabeleira negra,
Repousa a cabeça
Sobre o ventre
Descansa

Os dedos correm 
Lentos
Entre macios cabelos
Negros fios
Outros gris
Apontam
Aqui e ali

Mãos acarinham 
Sonho, alegria 
Acompanham 
O dia, a noite
Aconchegam 
Medo e solidão

Uma coisa e outra
Mãos, dedos, cabelos
Uma coisa e outra
Sós

Uma coisa e outra
Unem-se
Uma coisa e outra
Uma coisa só



1 comment:

  1. Como não lembrar dos meus dedos nos cachinhos do Inácio. Que singelo.

    ReplyDelete